1. IDENTIFICAÇÃO DOS TERMINAIS DE ALGUNS COMPONENTES ELECTRÓNICOS MAIS USUAIS E ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE COMPONENTES.

Aqui podemos encontrar a identificação de terminais de alguns componentes electrónicos mais usuais assim como algumas considerações gerais acerca de componentes usuais.

1.1 TRANSÍSTORES                                                          

1.2 TIRISTORES, TRIAKES,  SCR´s,  DIODOS                  

1.3 DIODOS LED                                                                

1.4 INTEGRADOS

1.1 TRANSÍSTORES

     

   

 

1.2 SCR´s/ Tiristores/ Triakes Diodos

significado do conjunto de letras e números que identificam um triac

As letras que designam um triak, (consideremos por exemplo o Triak BTA04 600C) significam o seguinte: BTA refere-se ao tipo de encapsulamento usado (neste caso é o tipo TO 22 em que a patilha metálica é isolada, e portanto com uma resistência térmica superior ao normal). o valor "04" indica a corrente máxima que o triak pode suportar (neste exemplo 4 Amp ) e o valor "600" indica a máxima tensão que o componente pode suportar (neste caso 600Volt), na prática as versões de 400Volt podem ser usadas com vantagem para as tensões da rede de 220/ 240Volt. As letras finais significam a corrente de porta, por exemplo: "C" =35mA, "A"= 25mA, "B"= 50mA, "D", "K" e "S"= 10mA, "T"= 5mA e a letra "W" é usada para identificar os triakes de rápida comutação.

  

1.3 DIODOS LED

1.4 INTEGRADOS

2. CÓDIGOS E TABELAS

 

2.1 CÓDIGO DE CORES PARA RESISTÊNCIAS                              

2.2 CÓDIGO  CORES PARA CONDENSADORES DE CERÂMICA       

2.3 LIGAÇÕES DE FICHAS SCART                                                

2.4 LIGAÇÕES DE FICHAS JACK e DIN    

2.5 EQUIVALÊNCIA DE TRANSÍSTORES USO COMUN  

2.6 EQUIVALÊNCIA DE DIODOS USO COMUN    

2.7 EQUIVALÊNCIA SCR´s DE USO COMUN  

2.8 TABELA DE CONVERSÃO DE CAPACITÂNCIAS                            

2.9 UNIDADES DE MEDIDA EM POTÊNCIAS DE BASE 10

 

2.1 CÓDIGO DE CORES PARA RESISTÊNCIAS

 

2.2 CÓDIGO DE CORES PARA CONDENSADORES CERÂMICOS

 

2.3 LIGAÇÕES STANDARD PARA FICHAS SCART

 

2.4 LIGAÇÕES STANDARD PARA FICHAS JACK E DIN

2.5 EQUIVALÊNCIA DE TRANSÍSTORES DE USO COMUM

 

2.6 EQUIVALÊNCIA DE DIODOS DE USO COMUM

2.7 EQUIVALÊNCIA DE SCR´s DE USO COMUM

 

2.8 CONVERSÃO DE CAPACITÂNCIAS

 

2.9 UNIDADES DE MEDIDA EM POTÊNCIAS DE BASE 10

 

Voltar à Home Page    Voltar à página de Electrónica